O Beijo!

Eu queria paz, um lugar acolhedor, um cantinho para pensar e repensar minha vida, sair da rotina, dar um tempo no trabalho e nada melhor que um passeio junto à natureza, no meio do nada, um lugar onde as pessoas se recolhiam para ficar em harmonia.

Meu íntimo precisa se acalmar, respirar ar puro, refletir sobre o que fiz da minha vida, aonde cheguei e para onde ir.

Vejo-me agora sentada aqui de frente ao lago, onde pessoas andam tranquilamente e eu  apenas a admirar tudo à minha volta…

Foi então que eu o vi caminhando entre as árvores, com um ar ausente quase etéreo, formava um belo conjunto com a natureza ao seu redor.Olhando com mais atenção achei que já conhecia aquele homem, seus traços me eram familiar, seu andar, seus cabelos, e finalmente seus olhos, foi então que me vi transportada para um passado distante, sim eu conhecia “você”… As lembranças que eu tinha eram de um jovem adolescente feliz junto a mim, sorrindo, vivendo intensamente cada momento a meu lado.Um sorriso brincou no meu rosto diante das lembranças que fervilhavam em minha cabeça, e foi assim que você me viu…

No instante que nossos olhos se encontraram você parou, vi o reconhecimento, foi imediato, vi as mesmas lembranças em você e um sorriso iluminou também seu rosto.

Senti todo meu corpo tremer quando vi que você vinha em minha direção, minhas mãos estavam frias, me vi estática, paralisada.

Naquele momento milhares de dúvidas fervilhavam em minha cabeça, não sabia como reagir a esse encontro, o que dizer como me portar, você foi tão importante em minha vida, e a mesma nos afastou aos poucos, como dando um tempo para que a gente se descobrisse e hoje era o dia de pôr as cartas na mesa, perguntas que não queriam calar, minha vida nesse instante era um grande “PORQUÊ”

Porém todas as perguntas se calaram no instante em que você tocou meu rosto e me chamou pelo nome, me senti novamente uma adolescente, livre, inteira…

Nenhuma palavra precisava ser dita, era como um encontro de almas, todas as dúvidas se calaram era apenas eu e você, nada ao redor importava.Senti a aproximação, sua respiração acelerada, fechei meus olhos, a única coisa que sabia era que meu coração está disparado e que de tão próximos respirávamos o mesmo ar, então senti seus lábios junto aos meus, um beijo, cálido, mas profundo, me senti mergulhar num abismo de sensações, me perdi em seus braços, me entreguei a esse momento como se ele fosse o último, e queira Deus que seja, pois morrer dessa maneira seria entrar nas portas do paraíso.

Sou novamente aquela adolescente apaixonada, vivendo o único momento onde fui feliz, o dia que te conheci e me entreguei a um beijo tão avassalador como esse.Um beijo que durou apenas alguns minutos, mas que me fez viajar para quando andávamos de mãos dadas, quando a única coisa que importava era o som do seu sorriso, o tom da sua voz ao dizer que me amava, de como era bom encostar – me em seu peito, e de como foi mágico o  dia em que me entreguei a você.Ficamos tempo demais longe um do outro, sinto que agora não posso deixar você partir nunca mais, sinto que minha vida começa agora a seu lado, tudo numa fração de um beijo!

Então olhos nos olhos, um momento de timidez, um breve sorriso, expectativa no ar, nenhum dos dois ousa falar, até por receio de que se quebre o encanto, um suspiro…

– Onde você estava todo esse tempo?!

Com um leve sorriso você me responde:

 Estive sempre guardado em seu coração, esperando o momento certo para voltar e ocupar meu lugar na sua vida,  estava com saudade!

Vemo-nos sorrindo um para o outro, finalmente juntos e agora espero que para sempre…

Mais um beijo para selar nosso encontro… Nos perdemos novamente um nos braços do outro …

Autora: Leninha

 

Category: Contos:, Romanticos  Tags:
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.