Author:
• sábado, dezembro 20th, 2014

Tocas-me com tao belas e intensas palavras…

Vem…
Que te espero… nua…
Não mais há lugar para o pudor…

Vem…que te quero, nua…
Fecha-me os olhos com teus beijos,
faz-me sonhar com teus desejos…
Faça-me com teu ardor…

Vem…
Que quero agora
acariciar teu corpo levemente,
beijar-te os lábios, sofregamente…
Sugar tua seiva com minha
boca quente…

Deixar-me penetrar por teu furor…
Vem…
te quero mulher,
vem…
deixa-me viver esta fantasia
de amor…

Category: Incógnita, Poetisas  | Tags:
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.