Author:
• segunda-feira, dezembro 22nd, 2014

Ciúme e amor… convivência complicada,
Que nos deixa com a vida transtornada,
E na alma, marcas de decepção.
Se um pouquinho de ciúme aquece a chama
O excesso certamente esparrama
A discórdia, o desamor, desunião.

É o amor sinal maior de altruísmo,
Mas o ciúme exacerba o egoísmo
Que viceja em corações atormentados.
Se o amor se baseia em confiança,
O ciúme interrompe a bonança
Que faz felizes os seres enamorados.

Diz o ditado pra se dormir de olho aberto,
Especialmente quando não se está por perto,
E que se deve confiar… desconfiando…
Mas para a dor do ciúme espantar,
Se desejarmos realmente amor provar,
É preferível confiar-se… confiando!

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.