Author:
• terça-feira, dezembro 23rd, 2014

Penso em ti, amado, ao me despertar,
Se estás tão longe, sem poder trocar
Os nossos prazeres, nosso amor febril…
Fico na saudade, fico a perigo,
Ansiosa estou por me encontrar contigo
Desfrutar teu corpo, másculo, viril…

Tens cada minuto do meu pensamento,
Dedicado apenas a este sentimento
De desejo puro, de saudade louca…
Vem matar-me a fome, saciar o anseio,
Abraçar-me forte, vem beijar meu seio,
Vem tocar-me toda com a tua boca…

Meu tudo és tu, meu doce amado,
Amante latino, homem adorado,
É em teu louvor que eu canto aqui…
Este meu desejo, face à distância,
Acelera o sangue e aumenta a ânsia
Que me excita mais, por pensar em ti…

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.