Author:
• quarta-feira, dezembro 24th, 2014

Eu não fechei o olho a noite inteira
Me levantei sozinho e com olheira
Encharcado de suor
Já arrumei o quarto e a prateleira
O seu retrato coloquei na cabeceira
Desliguei o despertador
Tirei o leite e a manteiga da geladeira
A água esta fervendo na chaleira
Coloquei o pó no coador
Ah! O pão já está na torradeira
Já arrumei talher, mesa e a cadeira
Empurrei para o canto a dor
Já estou aqui sentado de bobeira
Esperando você cruzar a soleira
Com seu sorriso encantador
Mas esta é a minha manhã primeira
Desta minha vida tão traiçoeira
Que levou o meu amor
Para sempre o meu amor.

Category: Armando Roda, Poetas  | Tags:
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.