Author:
• quarta-feira, dezembro 24th, 2014

Ela fica na janela
Olhando a vida que passa
Passa homens e meninas
Passa a vida e a passarada
E ela, nem feia e nem bela
Espera
Alguém que o diga:

– Sai desta vida
Ama
Até rasgar a ferida !

Passa um pouco mais de vida
E quando ela nota
Sua boca está fechada
E a alma morta
Não fez poesia
Nem ao menos gritou naquele dia
Quando abriram suas costas.

Category: Lobo, Poetas  | Tags:
You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.