Author:
• quinta-feira, setembro 17th, 2015

Sou observadora de mim
Procuro me conhecer
Percorro os meus sentidos
Me traço,me envolvo comigo
Me nutro da natureza.

Caminho nos passos incertos
Querendo chegar em certezas.
Me atiro de meus penhascos

Por me cercar de firmeza.
Percorro estradas escuras
Mesmo sem a luz da lua,
Por encontrar claridade
A refletir no meu chão
Que vou pisar mais segura.

E onde o medo me envolve
Me atiro com ousadia
Mesmo tremendo inteira
Para vencer as fobias,
Que trazem tanta agonia
E indecisões que me anulam.

Sigo essa meta à risca
Pois entendi que na vida
Somos todos guerreiros
Por vencermos desafios
Que a vida nos apresenta.

Neuza Maria De Barros
17/09/2015

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.