Author:
• terça-feira, novembro 24th, 2015

Essa companhia amiga,
Tão simples e agradável
Me abraça, me envolve, me habita,
Me protege do que desagrada.
Te sinto em todas as horas,
Horas boas e nem tanto assim,
As vezes sem que peças licença
Me domina em sensações
Mas sempre que me conduz
Me ensina novas lições.
A mim traz novos conceitos,
Rumos e até direções.
Contigo não há perigos, nem medos
E nem solidões.
Traz compreensões além
Onde tudo é plausível
Sem recusas e decepções.
Me ausenta da desconfiança
Que em muros e grades me pois
Gerindo à liberdades
Que deixa mais leves as visões,
Sem conceitos e preconceitos
Pois confia e entrega a vida
A tudo que tem que ser.
Minha mestra, minha menina
Que bom te reencontrar
A tanto de mim perdida
Hoje e eternamente
Juntas haveremos de estar.

Neuza Maria De Barros
17/11/2015

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.