Author:
• segunda-feira, junho 13th, 2016

Amor sentimento tão raro
De sentir na raiz de origem
Pois hoje o amor é paixão
Que ferindo, deixa cicatrizes.
O amor não carrega ciúmes,
Nele não mora a inveja,
E também não leva egoísmo.
Sempre adiciona e enaltece
Jamais vem a diminuir.
Ele é sentimento puro,
Sempre a elevar os sentidos.
Sempre pronto estende as mãos
E também é compreensível,
Nele não se encontra limites,
É fonte que nunca seca,
E sempre aprofunda raízes.
O amor, acrescenta e supera
Amparando em que momento for
Não julga, e somente acolhe,
Amando sem nada impor.
O amor puro se expressa
Em vibrações elevadas
Pois tudo que o amor deseja
É ver seu próximo feliz.

Neuza Maria De Barros
07/01/2016

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.