Archive for the Category ◊ Arneyde T. Marcheschi ◊

Author:
• sexta-feira, dezembro 19th, 2014

arney

 

flower2

Leia mais…

Category: Arneyde T. Marcheschi, Home, Poetisas  | Tags:  | Comments off
Author:
• sexta-feira, dezembro 19th, 2014

Amor
o rosa dos seus lábios
se transforma num doce beijo
Um toque de seus dedos
me provocou algo semelhante
ao êxtase…
Quando eu durmo ,e sonho
é de você que sinto saudades
da sua boca,das suas mãos
acariciando meu corpo nu
que me desperta todo desejo
me deixa louca de embriaguez
Você, já deve saber,que é meu
desejo,meu veneno…
eu sinto seu corpo por dentro.
Você foi o desejo, o êxtase,
a volúpia,….o pecado…
que me queima as entranhas,
você foi amor verdadeiro,
no prazer…você me fez voar
alto,e,eu voei até o céu
E os anjos me mostraram,
através de um leve sinal
que eu desejo,eu preciso
de você, para me realizar
como fêmea…como mulher.
Que eu quero você,
só para me amar,desejar…
E eu quero só de ter,te amar….

Category: Arneyde T. Marcheschi, Home, Poetisas  | Tags:  | Comments off
Author:
• sexta-feira, dezembro 19th, 2014

Te amo intensamente
com suas virtudes e
te aceito como és..
lindo ou feio…

Te amo…mesmo que
não me ames…

Te amo incondicionalmente!
Vejo em ti a vida, intensamente
onde vou caminhar, ao lado teu
em busca da perfeição….
ou será que nosso amor é só paixão?

Paixão que dá e passa…
que deixa na alma, só a dor…
e nada mais!!!!!!!!

Não, te amo,verdadeiramente
um amor puro ,nada igual….
um amor intenso, sensual…
um amor atração…tesão…e coração.

É assim que te amo hoje…
e sempre te amarei…meu amor!

Category: Arneyde T. Marcheschi, Home, Poetisas  | Tags:  | Comments off
Author:
• sexta-feira, dezembro 19th, 2014

Olhando a chuva que cae
mansamente sobre meu coração,
reflito sobre a emoção
do meu viver.

Entre os raios que cortam o céu
fazendo barulho no coração
escuto no meio do nada a canção,
as batidas compassadas
e numa arritimia surda
enalteço meu viver com voce.

As flores se abrem
na manhã cinzenta
e nada fica triste,nada escurece,
o amanhecer traz alegrias
nada de saudades , nem morbidez.

A chuva fininha
aviva as lembranças de mim, de você,
de um amor que cresce a cada
amanhecer.

De um amor que se solidifica
que se eterniza,que só dá prazer.

Um amor,sem cobranças,
cristalino, como a agua da fonte
que é esse meu amor por você.

Sem percalços, sem altos e baixos
um amor só bem temperado,
na medida exata,
chama aceza que ilumina e
vivifica meu coração.

Category: Arneyde T. Marcheschi, Home, Poetisas  | Tags:  | Comments off