Archive for the Category ◊ Marilda Conceição ◊

Author:
• sábado, dezembro 20th, 2014

marilda

Category: Marilda Conceição, Poetisas  | Tags:  | Comments off
Author:
• sábado, dezembro 20th, 2014

Você surgiu por encanto,
nesse mar de fantasias,
com seu calor envolvente,
você encheu-me de alegria.

Como suave melodia,
você entoou minha emoção,
fazendo um sentimento brotar,
dentro do meu coração.

E nessa doce magia,
você devolveu-me o sonhar.
Transformou a minha vida,
você me fez sentir o que é amar.

Category: Marilda Conceição, Poetisas  | Tags:  | Comments off
Author:
• sábado, dezembro 20th, 2014

Te amei…
Sonhei….sonhamos
Sem pensar, me entreguei.

Compartilhamos.
Acreditei nas palavras escritas,
no sentimento real.

Te amei…
Sonhei….
Me dei por inteiro
Fui amiga, confidente, companheira.

Sentimento forte, sincero, amor verdadeiro
Te amei tanto!
Ah! Como te amei!
Com tanta intensidade…
que esqueci o mundo real,
desprezei a vida lá fora,
me distanciei dos amigos.

Me anulei sem sequer perceber,
o que eu mesma fazia comigo.

Apenas eu,
amei.

Te perdi
Dos sonhos despertei
Sofri….chorei
Como te amei!
Dos sonhos….a dura realidade
Só restou saudade.
Essa dor insuportável,
machucando o coração.

Sofrendo…chorando,
continuo te amando,
nessa imensa solidão.

Category: Marilda Conceição, Poetisas  | Tags:  | Comments off
Author:
• sábado, dezembro 20th, 2014

Você partiu em silëncio…
Teve medo do encontro,
de olhar nos meus olhos,
do profundo sentimento que nossos olhos
mutuamente falariam ao se encontrar.
Da emoção que sentiríamos ao nos tocar.

Você sabia que o encontro de nossas almas,
seria perfeita sintonia.
Que o nosso amor seria mais intenso.
Que nossas vidas…
ficariam eternamente ligadas,
porque esse amor,
estava acima da nossa razão.
Que em mim..
econtraria o amor que nunca sentiu igual.

Então….meu amor,
você teve medo.
Sua vida…
ja estava entrelaçada em outra vida
Eu…
cheguei tarde.

O encontro não aconteceu.
Seu amor, frágil amor.
Não teve forças pra lutar pelo meu amor.
Tão frágil, fraco, inseguro…
preferiu renunciar

Você sabia …
que depois de ler em meus olhos a emoção,
sentir em meu ser a ternura,
partir seria impossível,
seria tortura.

Category: Marilda Conceição, Poetisas  | Tags:  | Comments off