mar 08 2017

Os inesperados ‘perigos’ do Status do WhatsApp

O primeiro vídeo foi divertido. Uma gracinha do cachorro, primeiro, e fantasiados para o Carnaval, depois. Queria que experimentar os recentes Status do WhatsApp e continuar com os hábitos já adquiridos no Instagram e Snapchat, e dois vídeos triviais seriam o mais adequado para dar vida a essa interessante nova função. O dia transcorreu e, ao voltar para casa, uma olhada rápida na parte moleza do assunto: quem viu os vídeos? Dividido entre a curiosidade e a vaidade, conhecer o impacto de nossa obra representa a peculiar recompensa da ação. Mas o susto foi tremendo: “João, Encanador”, “Hotel Sol” e um dos melhores clientes estavam entre os inesperados espectadores. Temos um real controle sobre o que estamos difundindo?

Os status do WhatsApp emulam a função que tanto sucesso obteve com o Snapchat e, posteriormente, foi copiada pelo Instagram Stories e o Facebook: os vídeos efêmeros. No momento em que publicamos um vídeo em nosso status e, dependendo da configuração de nossa privacidade, este será visível durante 24 horas para toda nossa lista de contatos. Alguém poderia pensar que não há diferença em relação às redes sociais: não há controle real sobre o que publicamos e qualquer um poderia ter acesso a essa informação e, em certo sentido, é assim. Qual é a diferença, então, com os status do WhatsApp? Fundamentalmente que nestes últimos aparecerão nos celulares com nosso nome e sobrenome de pessoas que possivelmente não usam redes sociais, e não nos seguem nelas, ou que sejamos nós que não queremos introduzir todas essas pessoas nos conteúdos de nossas redes sociais.

O exemplo do encanador ou o contato do hotel no qual passamos as últimas férias é realmente chocante: uma passada rápida em nossa lista de contatos nos mostra que nela temos todo tipo de pessoa, desde amigos e familiares até clientes e colegas de trabalho. Queremos realmente que qualquer uma dessas pessoas nos veja com a fantasia de Carnaval? Esta situação é possivelmente a consequência de incorporar uma função externa a um aplicativo projetado com outra finalidade, mas, por sorte, pode ser solucionada… mais ou menos.

Como selecionar quem pode acompanhar seu Status:
O WhatsApp permite ao usuário três maneiras de difundir o conteúdo (acessando Status e pressionando Privacidade).

Estas são as opções:
– Meus contatos: qualquer atualização aparecerá nos celulares de todos os nossos contatos de forma indiscriminada.
– Meus contatos exceto….: os status serão vistos por todos os nossos contatos, salvo os que especificarmos.
– Só compartilhar com….: escolheremos um a um os contatos que podem ter acesso a nosso vídeo ou fotografia.

Mas há um porém. É que em teoria parece que o usuário conta com um bom conjunto de medidas para ter sob controle a difusão do conteúdo, mas, na prática, é difícil porque a seleção tanto dos excluídos como dos contatos que queremos que vejam nosso status precisa ser feita manualmente, um a um. E é muito comum que o número de contatos seja tão grande que, na prática, se torne inviável fazer o controle efetivo dessa informação.

Portanto, para os que querem tirar proveito dessa ferramenta e ficar tranquilos, a única opção é dedicar o tempo que for preciso, uma primeira vez, para confeccionar a lista dos destinatários com os quais realmente queremos compartilhar as votos e vídeos, e pensamos em por em nosso status do WhatsApp. E não se esquecer de configurá-la toda vez que novos contatos forem adicionados à agenda.

Fonte: MSN

Link permanente para este artigo: http://cabana-on.com/Point/index.php/2017/03/08/os-inesperados-perigos-status-whatsapp/

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE